Arquivo do mês: novembro de 2011

O GAROTO DA BICICLETA

O GAROTO DA BICICLETA. Siro Darlan, Desembargador do Tribunal de Justiça e Membro da Associação Juízes para a democracia. O abandono de crianças não é uma prática infeliz que ocorre apenas em países pouco desenvolvidos e muito menos apenas de … Continue lendo

Publicado em Opinião | 3 comentários

QUEREMOS QUE TODOS VOTEM PARA PRESIDENTE, DEMOCRATICAMENTE.

Sexta Feira passada, dia 26, estava na festa do 116º aniversário do Flamengo, ocasião em que a Presidenta Patricia Amorim entregou às atletas de natação na especialidade nado sincronizado os diplomas de laureadas, assim como a outras personalidades que prestaram … Continue lendo

Publicado em Opinião | 1 comentário

A LEI SECA E O DESEMBARGADOR.

A Lei Seca e o Desembargador. Siro Darlan – Desembargador do Tribunal de Justiça e Membro da Associação Juízes para a Democracia. São inegáveis os benefícios que a chamada Lei Seca trouxe ao trânsito do Rio de Janeiro, reduzindo os … Continue lendo

Publicado em Opinião | Deixar um comentário

ORÇAMENTO PARTICIPATIVO NO JUDICIÁRIO.

ORÇAMENTO PARTICIPATIVO NO JUDICIÁRIO. SIRO DARLAN – Desembargador do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e Membro da Associação Juízes para a Democracia. Há um mês fui testemunha em processo no Juizado Especial Cível de Bangu e fiquei envergonhado … Continue lendo

Publicado em Opinião | Deixar um comentário

É Primavera

É Primavera… Siro Darlan, desembargador do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e Membro da Associação Juízes para a Democracia. A Primavera, a estação do ano conhecida pelo renascimento da vida através do brotar das flores passou a ser … Continue lendo

Publicado em Opinião | 3 comentários

Transcrito do Blog Não se esqueça da juíza Patricia Acioli

terça-feira, 25 de outubro de 2011REQUERIMENTO FORMULADO À AMAERJ PELOS FAMILIARES DE PATRÍCIA ACIOLI Como se pode ler de post anterior deste blog, a Amaerj foi de uma solicitude ímpar em divulgar a troca de mensagens privadas mantida entre o … Continue lendo

Publicado em Opinião | Deixar um comentário