CRIANÇA, CRIATURA DE DEUS.

Criança, criatura de DEUS.

Siro darlan, desembargador do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e Coordenador Rio da Associação Juízes para a Democracia.

 

Toda criança é a obra mais perfeita do Criador. O que acontece quando ocorre a perda de nosso potencial humano? Quando o desenvolvimento natural de uma criança é interrompido com repressão aos seus sentimentos, a pessoa se torna um adulto com uma criança zangada e magoada dentro dela. Essa criança negligenciada e maltratada contamina o comportamento adulto.

Uma criança ferida e violentada é maior fonte de infelicidade humana e responsável por grande parte da violência e da crueldade que há no mundo. Por isso é importante a prevenção e a proteção integral apregoada na lei porque uma criança amada e respeitada jamais será geradora de violência. As crianças como seres em desenvolvimento são carentes por natureza e não por escolha. São dependentes dos outros para serem atendidas, acariciadas, saciadas, amadas e respeitadas.

Quando isso não ocorre há uma perda de identidade, perda de contato com os próprios sentimentos, carências e desejos. Quando o ambiente familiar e social é de violência e de falta de afeto, a criança vai buscar satisfação em outro ambiente e encontra no vício e na violência a resposta aos estímulos negativos recebidos. Como resultado da violência recebida na infância, além da mágoa e da dor não resolvida, nasce um novo ser: o jovem agressor e o adulto violento e não desenvolvido na sua plenitude.

Todo ser precisa ser amado incondicionalmente, precisa saber que é importante, que os que cuidam dela são confiáveis e que as amam. Se esses insumos sociais falharem teremos seres frustrados, violentos e sem uma adaptação social. A criança aprende a amar, sendo amada.

Quando as fórmulas do cuidado e do amor falham há uma desconfiança permanente no relacionamento com os outros, estão sempre á procura do amante perfeito que satisfaça suas frustrações, procuram satisfação do vazio interior no vício e na violência.

Afirmar como faz o autor da PEC 171 que todo aquele que erra precisa ser castigado é não ter a compreensão da complexidade do ser humano e muito menos do recado dado pelo Criador de que é preciso amar para não adoecer, “é preciso amor pra poder pulsar, é preciso paz pra poder sorrir, é preciso a chuva para florir”.

 

 

Esta entrada foi publicada em Opinião. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

3 respostas a CRIANÇA, CRIATURA DE DEUS.

  1. Frank Allan disse:

    Prezado Sr. Ciro,
    Não sei se o Sr. tem alguma atuação no estado de São Paulo, mas presumo que tenha contato com o juizado de menores de lá.
    Dê uma assistida nesse vídeo das auto intituladas “MC Princesa e MC Plebeia”, que cantam conteúdo de sexo explícito e uso de drogas. Há vários outros vídeos relacionados.

    https://www.youtube.com/watch?v=FV4bzE3DOx8

    Acho isso deplorável e não sei que canal denunciar. Será que esses adolescentes não têm pais?

    Atenciosamente,

  2. Anonimo disse:

    Siro, olha isso:
    https://www.facebook.com/renatooliveirameninodojo/videos/1622025704701434/
    Esse vídeo mostra um caso absurdo, sobre uma tal de Mc Melody de apenas 8 anos de idade, dançando funk eroticamente.

  3. Rilder disse:

    Bom dia Sr Desembargador Siro Darlan, sou comissário de menor em Divinópolis-MG como voluntário há mais de três anos , admiro muito o trabalho de nosso juiz Dr
    Francisco Correia pela sua dedicação e responsabilidade , fico muito triste e desacreditado com os nossos governantes com tanta demagogia e mentiras, sou casado com professora e ela trabalha nas escolas de bairro mais carentes com meninos menores aqui em nossa Cidade, o sr. Prefeito Vladimir Azevedo fechou vários CEMEI , e com isso lotando as salas de aulas de outros bairros , sem a devida atenção que merece e dedicação as essas crianças, e no meu ver , vamos diminuir a criminalidade somente quando der uma atenção melhor a esses jovens e criança de todo Brasil, obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.