POR QUE TANTO ÓDIO?

Por que tanto ódio?

Siro Darlan, desembargador do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e membro da Associação juízes para a democracia.

Nenhuma criança ou adolescente será objeto de qualquer forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão, é o que diz a lei de proteção integral. Por outro lado, os médicos juram que “ A saúde dos meus pacientes será a minha primeira preocupação… Não permitirei que concepções religiosas, nacionais, raciais, partidárias ou sociais intervenham entre meu dever e meus pacientes”. Mesmo assim uma médica pediatra recusou o atendimento clínico a uma criança alegando que sua mãe era de partido político diferente do de sua preferência.

Medico juramento

Intolerância injustificável e jamais vista antes em nossa sociedade. Seria um caso isolado, digno de sermos tolerantes com tamanha ignorância, mas não é. Estamos assistindo o desfazimento de amizades, relações familiares, distanciamentos de pessoas que pensam de forma diferente em razão de um quadro político, social e econômico indesejável. Contudo não se deve cercear nenhuma manifestação de pensamento por mais díspares que sejam. Somos diferentes e assim devemos ser tolerantes com todas as diferenças e respeitosos com as mais variadas formas do pensamento.

Medicos

Houve época que o desrespeito era tão grande que dávamos tratamentos diferentes em razão da cor de pele, diferenças sociais, origens e crenças. Não posso crer que estejamos revivendo esses tempos de tristezas e desrespeitos. No entanto onde seria intolerável ocorrências desse porte é no campo acadêmico, espaço de crescimento da humanidade pelo conhecimento em sua amplitude total.

Chegamos ao fundo do poço! A Escola da Magistratura do Rio de Janeiro que foi concebida pelo desembargador Claudio Vianna de Lima para ser o campus de formação e enriquecimento cultural e filosófico dos magistrados, homens e mulheres incumbidos pela sociedade para pacificá-la através de sentenças, que são decisões sentidas, acaba de censurar e proibir a realização do evento denominado “A violências do Direito e a perspectiva do seu fim”, que teriam como debatedores os professores universitários Dr. Marildo Menegat (UFRJ), Dr. Adriano Pilatti (PUC_RJ) e Dr. Nilo Batista (UERJ/UFRJ) e expositores Juiz João Batista Damasceno, Delegado Orlando Zaccone e Professor Carlos Henrique Aguiar Serra.

escola aberta

Os criadores dessa Escola de Formação de juízes e seus diretores até a presente data devem estar muito incomodados com esse gesto da atual direção que macula a história dessa instituição de ensino e deixa a todos perplexo com tamanha intolerância intelectual. Escola é derivada do latim schola e é definido como o local onde se dá qualquer gênero de instrução. Onde há discriminação não há Escola.

 

 

Escola crianças

Esta entrada foi publicada em Opinião. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.