ALYRIO CAVALIERI, O ANJO PROTETOR DAS CRIANÇAS.

Alyrio Cavalieri, o Anjo protetor das crianças.

É costume no Brasil que o reconhecimento e as homenagens sejam post mortem. Mas o Desembargador Alyrio Cavalieri, hoje com 92 anos merece esse reconhecimento em vida. Passados já tantos anos de sua exitosa atuação na Justiça das Crianças e Adolescentes, esse magistrado que dedicou e ainda dedica a sua vida na defesa dos direitos dessa desprotegida camada da população, foi o autor do Código de Menores, Ergueu, graças ao poder político que desfrutava no cargo que exerceu o prédio onde hoje está instalado o Juizado da Infância e da Juventude do Rio de Janeiro.
Levou a causa das crianças aos mais importantes Tribunais do planeta ao fundar e se filiar à Associação Internacional dos Juízes de Menores. Manteve na pauta da mídia a causa da criança. E, embora tenha feito diversas ressalvas ao advento do Estatuto da Criança e do Adolescente, continua sendo um dos principais artífices de seu aperfeiçoamento.
Como é costume nos Tribunais, custou a ter seu mérito reconhecido, porque dado a importância social que tem um Juiz da Infância e da Juventude, e pelo trabalho individual de Alyrio, foi um magistrado muito invejado, e muito mais conhecido na sociedade do que qualquer outro de sua geração.
O trabalho de Alyrio Cavalieri, no alto de sua humildade e dedicação ás crianças transcendeu os limites da Justiça do Rio de Janeiro e foi uma lição para todo e qualquer magistrado que deseje um dia trabalhar com a garantia dos direitos de crianças e adolescentes.

Esta entrada foi publicada em Opinião. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

6 respostas a ALYRIO CAVALIERI, O ANJO PROTETOR DAS CRIANÇAS.

  1. Rita Lopes disse:

    Dr. Siro Darlan veja os atores mirins da Globo! No domingo, 08/04/12, no program do Faustão: A boçal da diretora dizendo que a garotinha (Melissa Maia, “Mel”) tinha que chorar e depois que acabou a cena ela continuou chorando e tremendo por uns minutos ainda, antes a menina já havia relatado que estava com muito medo etc. É um absurdo o que os pais permitem fazer com seus filhos por causa de fama e dinheiro. Assim como as modelos foram proibidas de desfilar, eu penso que também não devem atuar.

  2. Fábio Serafim disse:

    Gostaria de ter um email de contato. Desde já agradeço.

    Fábio
    21 85232452

  3. Anna disse:

    Dr. Siro, gostaria de saber o que fazer para tornar efetiva uma denúncia de criança em situação de risco. O Conselho Tutelar da Zona Sul empurra minha denúcia para a Secretaria Municipal de Assistência Social ou para o Disque-Denúncia, não se dispõe a fazer nada. A funcionária da “Abordagem” da SMAS teve boa vontade, mas diz que só pode mandar viatura se mobilizada previamente a triagem do número genérico 1746.
    Uma menina de 5 anos de idade presumíveis, provavelmente dopada pois fica deitada no colo de uma mulher o dia inteiro, suja e com hematomas nas pernas, fica exposta na calçada da Rua das Laranjeiras 13 (calçada do Liceu Franco Brasileiro), junto ao Largo do Machado, enquanto a suposta mãe pede esmolas. Há uma quadrilha por trás dessa mendicância, 3 homens fortes ficam nas imediações intimidando os pedestres que questionam os maus-tratos à criança. A vida dessa criança está sendo jogada no lixo. O que posso fazer para ajudar? O Conselho Tutelar não tem dever de ir ao local? Grata, Anna

  4. Siro Darlan disse:

    MANDE ESSA DENUNCIA PARA A JUIZA IVONE CAETANO. ELA É RESPONSÁVEL POR ISSSO. OBRIGADO. SIRO DARLAN

  5. Siro Darlan disse:

    Mande para meu e-mail sdarlan@tjrj.jus.br
    Obrigado. Siro Darlan

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.