AS BESTAS DO APOCALIPSE.

As Bestas do Apocalipse. Siro Darlan, desembargador do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e membro da Associação Juízes para a democracia. Discute-se muito doutrinariamente quem são as bestas do Apocalipse. E, embora haja divergências doutrinárias a verdade é que algumas dessas “bestas” já estariam agindo em nosso tempo. Conta-se que em dado momento histórico apareceu um ser se autoproclamando o “Anticristo”. Logo que assumiu o poder era conhecido como Miojo do Quinto. Mas depois de assumir o poder não se conformando de haver alguém antes ou mais poderoso, excluiu o Quinto de sua origem e passou a ser conhecido apenas como Miojo. Como não permitia ninguém acima dele, mandou que retirassem do Palácio todos os crucifixos. Mas logo alguma companheira de “copo e de leito” alertou que Jesus havia sido crucificado entre dois ladrões. Pensou, ainda bem que eu não estava lá, mas gostou da ideia e levou para o leito duas prostitutas analfabetas, e como Jesus havia prometido o céu para o bom ladrão, não quis ficar por baixo deu ás duas não apenas um , mas dois cartórios pelos serviços prestados. Soube também que Jesus havia expulsado do templo os seus vendilhões com um chicote. Contam suas amigas que Miojo só ficava duro quando estava colérico, e assim pegou um chicote e expulsou do palácio os jovens aprendizes engraxates que ao invés de estar nas ruas estavam “engraxando hoje para brilhar amanhã”; ainda colérico expulsou todos os projetos sociais como os aprendizes de jardinagem que antes exploravam crianças nas ruas e, então cuidavam dos jardins do palácio; em sua insanidade colérica acabou com o projeto de reciclagem de lixo que transformava lixo em recursos e pessoas excluídas em cidadãos, e com o de lavagem dos carros, que servia para lavar a consciência dos amorfos e negligentes socialmente. Como não gosta de criança, acabou com a creche e com o Conselho da Criança. Assim transformou projetos sociais inclusivos em programas de escolhas e licitações, mais escolhas que licitações, de empresas que geravam lucros capitalistas excludentes. O MP, não gostando do rumo dessa sanha, exigiu explicações, mas a sindicância foi parar nas mãos, ou melhor, na cadeira de um relator que achando muita semelhança entre o conteúdo do processo e o resultado de sua digestão, nunca mais saiu de cima dos autos. Conta-se ainda que o patrocinador dessa causa, concidentemente havia indicado o relator e aceito o patrocínio do Miojo. Assim tudo ficou como dantes no quartel de Abrantes. Alguns doutrinadores mais estudiosos dessas causas identificaram um movimento denominado MTB – Marginais Tomaram o Brasil, como diferentemente do MST, que pretende distribuir as riquezas entre aqueles que não às possuem, desejam a concentração dos bens nas mãos daqueles que melhor manipulam o capital para uma maior concentração nas mãos de poucos.

Esta entrada foi publicada em Opinião. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

6 respostas a AS BESTAS DO APOCALIPSE.

  1. Marcos disse:

    Acabei de vê-lo em entrevista ao Jornal Nacional. INACREDITÁVEL!

  2. Alvaro (Refens do Hotel) disse:

    Gostaria de saber do senhor, se você está a serviço de proteger a população de bem, ou a populaçao de bandidos?? O senhor acha que mandar soltar bandidos deste “nipe” é proteger o cidadãos de bem? Os marginais que participaram da ocorrencia onde mais de 30 pessoas refens no hotel do rio de janeiro sao pessoas de bem ou de mal? De que lado o senhor está?

  3. Fabio disse:

    Muito bom… Agora só falta um texto pro Lewandowsky…

  4. Sara Neves disse:

    Caro Dr. Siro Darlan.

    Parabéns pelos textos brilhantes (já li quase todos). Expressam o que também penso e sinto em relação ao Judiciário. Fico feliz ao constatar que ainda existem Magistrados que honram sua toga e que não compactuam com esse sistema medieval que mancha a casa da Justiça.
    Desejo-lhe um bom combate e sucesso.

  5. Siro Darlan disse:

    Obrigado por sua mensagem. Espero que o cumprimento da lei e da Constituição seja uma garantia para todos os cidadãos e não apenas para alguns privilegiados. Siro Darlan

  6. Siro Darlan disse:

    Obrigado por sua mensagem. Espero que o cumprimento da lei e da Constituição seja uma garantia para todos os cidadãos e não apenas para alguns privilegiados. Siro Darlan

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>