Aos Servidores da Justiça que auxiliam na tarefa de garantir a efetivação dos direitos da cidadania.

VOCÊ SABIA?
Que o Tribunal de Justiça “emprestou” do nosso Fundo Especial 3,5 bilhões de reais para o Governador Sergio Cabral pagar os precatórios, que é obrigação orçamentária do Executivo, e que por estarem bem informados previamente alguns empresários compraram precatórios a preço de banana, e ficaram milionários da noite para o dia, graças a essas informações privilegiadas?

VOCÊ SABIA?
Que os Servidores da Justiça que ficam doentes têm que peregrinar quilômetros para se submeterem a uma perícia médica numa empresa contratada de nome MICELLI, quando tal despesa poderia ser perfeitamente dispensada se a pericia fosse feita por médicos do Plano de Saúde credenciado pelo Tribunal de Justiça, AMIL, que tem médicos em todo estado?

VOCÊ SABIA?
Que em razão do excesso de trabalho a que todos somos submetidos o índice de abstenção ao trabalho em razão de licença médicas é de 30% do contingente de servidores?

VOCÊ SABIA?
Que a administração do TJ quando questionado sobre esse problema grave de saúde pelo Sind Justiça respondeu laconicamente e sem qualquer fundamentação: “às fls. 07/10 revelam a desnecessidade da ampliação dos pontos de perícia médica não sendo a solução mais indicada. Por seu turno a Altas Administração desde o início da gestão vem aperfeiçoando o procedimento de Perícias dos servidores do Poder Judiciário. Dê-se ciência ao Sindicato, após, arquivem-se os autos.”?
Quanta sensibilidade com os que nos servem e fazem a Justiça se mover, quando um servidor com o filho com Síndrome de Down é obrigado a viajar todo ano mais de 200 quilômetros para provar aos peritos que Síndrome Down não tem cura.
No entanto a Presidenta Leila Mariano reconheceu no Dia do Servidor que: “Mais um Dia do Servidor será comemorado em 28 de outubro. Nessa data, o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) reafirma a importância de cada um de seus cerca de 16 mil servidores. Servir ao Poder Judiciário é trabalhar, todos os dias, para garantir aos cidadãos a plena efetivação de seus direitos. E para que esse objetivo se concretize, a valorização dos servidores é imprescindível, uma vez que nenhum outro profissional está mais próximo da sociedade.”

VOCÊ SABIA?
Que o texto do novo Código de Processo Civil, em vias de ser aprovado no Congresso Nacional prevê que os oficiais de justiça, já tão assoberbados de mandados e serviços, serão obrigados a novas funções de ajuda à justiça federal, sem qualquer remuneração adicional, alertou à Administração para o que isso representa em termos de prejuízo aos serviços dos oficiais de justiça e solicitando a mobilização preventiva da Administração para evitar o caos, obteve como resposta o despacho da juíza auxiliar: “ A entidade sindical tem legitimidade própria para se fazer representar no âmbito das discussões acerca do Novo Código Civil. Com ciência do requerente, arquive-se.”?

VOCÊ SABIA?
Que essa juíza auxiliar ao prestar depoimento da ALERJ, afirmou que defendia a nomeação do RE por escolha do magistrado, exemplificando que, no caso dela, a RE do seu cartório trabalha sábados, domingos e feriados e que por causa dessa confissão de exploração do trabalho escravo foi acusada pelos deputados presentes de grave infração às leis trabalhistas e ameaçaram denunciá-la?

VOCÊ SABIA?

Que a atual administração do Tribunal de Justiça pretendia contratar 60 assistentes sociais e psicólogos, ao preço de 9 milhões de reais, quando há servidores públicos concursados à espera dessa chamada, e que foi impedida por decisão do CNJ que além da proibição, mandou que ser respeitasse o direito dos concursados?

VOCÊ SABIA?

Que a atual administração em represália pela atuação firme e vigilante do Sind Justiça cortou um número eleva de licenças sindicais visando enfraquecer o Sindicato dos Servidores, que constantemente recorrem ao CNJ para corrigir distorções e abusos de poder?

Esta entrada foi publicada em Opinião. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

57 respostas a Aos Servidores da Justiça que auxiliam na tarefa de garantir a efetivação dos direitos da cidadania.

  1. Leila Maria disse:

    Parabéns desembargador! O TJRJ precisa de magistrados com esta coragem e sensibilidade!

  2. Regina disse:

    Infelizmente, o judiciário carioca encontra-se nesta situação. Tomar conhecimento dessas informações enquanto nossos filhos esperam ansiosamente para uma convocação no concurso é muito triste. Ainda espero uma sensibilização da administração do Tribunal para a causa das centenas dos concursados!

    Meus parabéns Sr. Desembargador pela ousadia e luta pela justiça!! O judiciário precisa de magistrados como o senhor.

  3. Paulo Roberto disse:

    Como a primeira mulher a ocupar um cargo tão importante como este, espero que a Presidente do TJ RJ modifique esta situação e faça uma grande convocação logo para os aprovados no concurso. Que termine essa longa espera para os aprovados e suas famílias!!

  4. Débora disse:

    Parabéns Desembargador … Por tornar público a realidade do TJ RJ. E por ser um homem comprometido com a Justiça; que se preocupa com a qualidade do serviço prestado à população e que ainda busca a efetivação da Justiça de acordo princípios da administração pública previstos no artigo 37 da Constituição Federal: Legalidade, Impessoalidade, Moralidade, Publicidade e Eficiência.

  5. Andrea disse:

    Obrigada Exa o Sr sabia que o TJ trata de forma discriminatoria os servidores portadores de deficiencia so recentemente obtivemos direito a readaptacao nao temos direito a carga horaria diferenciada como ocorre na judtica federal. Ficarei eternamente grata se o Sr denunciasse isto
    No momento infelizmente estou sem podet trabalhar pois minha deficiencia se agravou devido as pessimas condicoes de trabalho
    Respeitosamente Andtrea

  6. Talita Silva disse:

    Parabéns novamente Excelência pela atuação corajosa e imparcial.
    Fico me questionando sempre as “vistas grossas” que faz o CNJ, já provocado em muitos destes assuntos.
    Se uma parcela maior das autoridades tivessem a consciência e o senso crítico de V. Exa. boa parte destes abusos não existiriam.

  7. Octavio Gallo disse:

    Parabéns pela iniciativa!!! Precisamos de mais desembargadores realmente atuantes, interessados e corajososcomo o Sr.!!!!!!! Mas infelizmente nesse país a maioria da população só pensa nos seus próprios interesses!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.